APENAS EMPRESTADO

" Viajandode férias, aluguei uma camioneta Mini-van. Linda, confortável, uma beleza de carro. Durante aqueles diasera como se fose minha, fazia dela o que desejava, quase esquecendo que era alugada.

Até o dia em que uma moça bateu o carro na traseira da Van. No momento em que vi o prára-choque amassado, lembrei-me, aflito, que teria de prestar contas à locadora."



"Já que a moda é fazer pesquisa - do voto para presidente ao sabão em pó que lava mais branco - bem que seria interessante um levantamento do número de vezes que uma pessoa diz o pronome "meu" durante único dia. Meu despertador deve estar quebrado, tocou cedo demais. Meu café está pronto?

Você viu as minhas chaves? Depois conversamos sobre isso, não quero estragar o meu dia. Alô, quer falar com a minha mulher? - tudo dentro de dez minutos, após levantar pela manhã.

Isso prossegue dia adentro, citando, sem cerimônia, sua interminável lista de propriedades, reais ou imaginárias, concretas ou intangíveis.

Alguns casos - é evidente - não passam de foça de exprepressão. Ninguém que diga "meu país", está pesnsando que o território nacional está registrado em seu nome.

Mesmo assim, de tanto usarmos o meu e minha, terminamos nos convencendo de que somos donos de muitas coisas que, a rigor, não nos pertencem."

Se esquecemos no que nos diz a Bíblia:

Gn.1: 1-27 Que DEUS é o criador de tudo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentem aí gente....fia com Deus..

Seguidores